REGRAS DE CONVIVÊNCIA

O CEPE PROPÕE-SE A:

Desenvolver um processo educativo que complete os diversos aspectos constitutivos do ser humano, visto como um ser único integrado e de relacionamento – no qual os alunos aprendam a aprender, a conhecer, a fazer, a ser e a conviver, por uma relação ativa, dinâmica e consistente com os conteúdos, reconhecendo-os como fundamentais para o saber, propulsores do desenvolvimento integral e base para a formação geral, desde que devidamente integrados e articulados entre si e com a realidade, alicerçados em princípios éticos e morais traduzidos em capacidade para enfrentar os desafios da vida.



SÃO DIREITOS DO ALUNO CIDADÃO:

  • Ser informado sobre as normas de conduta, presentes no Regimento Escolar e/ou em documentos complementares;
  • Ter asseguradas as condições necessárias para seu desenvolvimento;
  • Ser informado sobre as propostas educacionais e os critérios de avaliação do Colégio e receber um Boletim Escolar ao final de cada etapa letiva;
  • Solicitar esclarecimento quanto aos resultados das avaliações ou qualquer trabalho escolar, quando necessário;
  • Apresentar sugestões para a Equipe Pedagógica que visem à melhoria da dinâmica escolar;
  • Utilizar-se de instalações e dependências do colégio, na forma e nos horários estabelecidos, com o acompanhamento dos Professores ou outro profissional, quando necessário;
  • Receber em tempo hábil, os resultados das avaliações;
  • Usufruir dos benefícios educativos e sociais que a escola proporciona, salvo situações específicas que possam acarretar prejuízos para si e/ou para a comunidade escolar;
  • Participar das aulas, nos cursos em que estiver matriculado, respeitando as condições estabelecidas pela Instituição;
  • Solicitar oportunidade de 2ª CHAMADA dentro do prazo de 72 horas após a realização da prova;
  • Ter asseguradas a Recuperação inter períodos (final do 2º Bimestre e 5ª Prova) dentro do critério estabelecido pelo sistema de avaliação;
  • Ser respeitado por toda comunidade escolar.


SÃO DEVERES DO ALUNO CIDADÃO:

  • Ter uma conduta pautada nas normas determinadas pelo Regimento Escolar e pela Direção do Colégio;
  • Respeitar e cumprir as normas estabelecidas em toda e qualquer situação de atividade escolar dentro ou fora do estabelecimento;
  • A pontualidade e a assiduidade são muito importantes para a formação e o desenvolvimento da criança e fazem parte da avaliação do aluno de forma significativa, contribuindo para a sua formação;
  • Os atrasos e saídas antecipadas de aulas implicam em comprometimento do aprendizado e da valorização que o aluno atribui à escola. Em caso de extrema necessidade, é preciso apresentar justificativa assinada pelo responsável legal através da agenda;
  • Ter consciência dos investimentos feitos pelo responsável em relação a sua educação sendo um aluno comprometido;
  • Dedicar-se, em sala de aula, a assuntos e atividades pertinentes ao trabalho orientado e concernentes à matéria em pauta;
  • Colaborar na conservação do patrimônio da Instituição e zelar por todas as dependências da escola, responsabilizando-se pelos danos causados ao Estabelecimento, bem como à Comunidade Educativa e ressarcindo os danos, quando for o caso;
  • Contribuir, dentro de sua esfera de atuação, para elevação de seu próprio conceito e do Colégio;
  • Participar das atividades propostas pela Comunidade Educativa nos âmbitos: Cívico, Cultural e Educacional;
  • Respeitar e acatar a autoridade do Diretor, Coordenadores, Professores e Auxiliares de disciplina;
  • Trajar uniforme completo de acordo com os padrões estabelecidos pela Instituição, inclusive para as aulas de Educação Física;
  • Respeitar a dignidade e a integridade física e moral de todos os integrantes da Comunidade Escolar para uma convivência digna e fraterna;
  • Cumprir e colaborar para que se cumpram os dispositivos do Regimento Escolar e quaisquer diretrizes disciplinares adotadas pelo Colégio que não constam deste documento;
  • NÃO DEVEM

  • Entrar ou retirar-se do colégio sem a devida autorização;
  • Interpelar os colegas com apelidos, usar palavras de baixo calão (inclusive pornográficas), oralmente ou por escrito, dentro da escola ou no ciberespaço;
  • Trazer para o colégio qualquer material ou aparelhos não pertinentes aos trabalhos escolares;
  • Tomar parte em qualquer manifestação ofensiva às pessoas, no interior ou nas proximidades do colégio;
  • Não é permitido o uso de calça jeans e casacos coloridos (somente VERDE ou BRANCO);
  • Praticar atos desrespeitosos como agredir verbal e/ou fisicamente, pichar, tomar posse ou depredar o patrimônio da escola e/ou dos colegas;
  • Promover festas, passeios, movimentos, reuniões ou qualquer tipo de atividade do gênero, além de comercializar objetos e/ou serviços envolvendo o nome da Instituição dentro ou fora do Colégio, sem consentimento da Direção;
  • Fazer uso de aparelho celular e outro objeto eletrônico e/ou sonoro, sob qualquer pretexto, em sala de aula ou outro espaço das dependências do Colégio;
  • Levantar injúria ou calúnia contra colegas, professores, funcionários ou autoridades da escola, ou praticar atos de violência e/ou ofensivos à moral e aos bons costumes;
  • Fumar, jogar (jogo nocivo), tomar bebida alcoólica, nas dependências da escola;
  • Fazer ou estimular o uso de qualquer elemento que cause dependência química, física ou psicológica;
  • Praticar atos explícitos de relacionamento íntimo, estranho aos padrões sociais ou de namoro, nas dependências do colégio ou em suas imediações, estando uniformizado;
  • Divulgar, (através da internet ou outros meios de comunicação), assuntos que envolvam, direto ou veladamente, o nome do colégio, de professores, alunos ou funcionários, sem autorização da Direção;
  • NAMORO – O CEPE visa um relacionamento amplo e harmonioso entre os alunos e alunas do estabelecimento. Solicita, porém, que sejam evitadas manifestações ostensivas de namoro que possam se tornar constrangedoras aos outros, tanto dentro quanto nas imediações do Colégio;
  • De acordo com as normas e procedimentos deste estabelecimento de ensino, não é permitido que haja prática de atos desrespeitosos que agridam a integridade física e moral dos discentes;
  • O namoro é inadequado ao ambiente escolar, pois não é permitido qualquer manifestação ostensiva de namoro (beijo, abraço etc.) dentro do Colégio (no horário de aula, intervalos, corredores, sala, laboratório de informática etc.) ou no portão e imediações do Colégio;
  • O cyberbullying é caracterizado por comportamentos hostis deliberados e repetidos, praticados por indivíduos ou grupos, utilizando-se de tecnologias de informação e com a intenção de atingir e prejudicar alguém. O nome faz referência ao bullying, que define o mesmo tipo de comportamento fora da rede;
  • COMEMORAÇÕES – Será permitido a comemoração de aniversários em agendamento prévio junto a coordenação, somente para alunos da Educação Infantil;
  • Fazer uso de recursos técnicos e/ou tecnológicos, inclusive da área de informática, que não sejam especificamente relacionados às atividades educativas desenvolvidas na e pela escola;
  • Não usar joias ou bijuterias em excesso, piercing ou similares descaracterizando o uniforme;
  • Não utilizar joias, relógios, pulseiras, brincos e/ou outros acessórios nas aulas de Educação Física;
  • Não alimentar-se em sala de aula e/ou Laboratório de Informática.


COMO PARTE DO PROCESSO ALGUMAS MEDIDAS SERÃO APLICADAS:

  • Advertência verbal;
  • Convocação imediata da presença do responsável na escola;
  • Advertência escrita que deverá ser assinada pelo responsável e apresentada no colégio no prazo estabelecido;
  • Suspensão das aulas e/ou atividades. O responsável pelo aluno deverá comparecer à Escola dentro do prazo estabelecido para assinar a suspensão do aluno em questão;
  • A renovação da matrícula terá acompanhamento da Coordenação, a fim de dar ao aluno mais uma oportunidade de adequar-se às normas vigentes, mediante termo de compromisso do responsável. O não cumprimento deste, implicará na transferência do aluno, visando a proporcionar ao mesmo a oportunidade de encontrar um ambiente adequado às suas necessidades;
  • As normas disciplinares, aplicadas aos alunos, visam a educá-los, ajudando-os na construção da cidadania, de modo que se tornem pessoas capazes de conviver em comunidade, conhecendo seus direitos e seus deveres. Tais sanções não obedecem a uma linearidade, mas à extensão, à recorrência e à gravidade da falta. Nos casos mais graves, esgotados os procedimentos escolares, o aluno será encaminhado ao Conselho tutelar, estando passível de transferência imediata.

DESENVOLVENDO COMPETÊNCIAS PARA FORMAR PESSOAS CONFIANTES.